Ibitinga, Terça, 26 de Maio de 2020
DENGUE, CHIKUNGUNYA, ZIKA ...

  A cada ano um novo recorde triste. Volta-se a falar da Aids (HIV), da Febre Amarela, da Rubéola, Catapora, Dengue, Chikungunya, Zika, mas, parece que não há preocupação pela população. Escorpião. 

   Todo ano, as enchentes aumentam. O fogo destrói a fauna e a flora. A culpa acaba sendo o aquecimento global, incêndios criminosos ou até mesmo o governo que não está preocupado com questões ambientais. Acho que é de tudo um pouco.

    Vejo pela cidade, em todos os bairros – todos – lixo pelas ruas e calçadas. Terrenos com matagal. Construções demolidas pela metade, deixando pias, privadas, juntando água. Bitucas e maços de cigarro, garrafas pets, papéis, propaganda de supermercados ou qualquer outro impresso colocado no para-brisas dos carros, como se fossem, os carros, as lixeiras. Tudo que você tem na mão, desde um papel de bala, vai para o chão. 

   Desculpem, mas, isso não é legal. Não custa guardar o lixo e jogá-lo na primeira lixeira que encontrar. Ah!!!! Não tem na rua. Na sua casa tem. Nas lojas tem. Nos postos de gasolina tem. E quando tem na rua, os vândalos, destroem, como se não fossem eles mesmos os pagadores daquilo. Isso não é ignorância, nem intelectualidade. 

    Você tem um saquinho de lixo de no seu carro? Que bom que tem. Por quê – pergunto – vejo muitos cidadãos jogarem lata de cerveja ou garrafas pets ou vidro, cigarros, papéis, pela janela, como se a rua fosse o lugar propício para isso. Sabe o que acontece? Isso vai tapar o curso natural da água e, vamos ter enchentes, embora Ibitinga é uma cidade privilegiada pela sua topografia. Mas vamos ter cada vez mais enchentes, tenham certeza disso, no São Joaquim e no Saltinho.

   A culpa é do Poder Público. Nós não temos nada com isso. Você acha mesmo? Dê uma olhada à sua volta e veja se a culpa é exclusiva do Poder Público, seja ele Federal, Estadual ou Municipal. Não é. Temos culpa sim.

   As ações governamentais são para tentar cuidar os efeitos e a nossa, é cuidar da prevenção. Quando os governos começam a agir, a vaca já foi para o brejo, faz tempo.

   Tem um ditado antigo que diz: “A grama do vizinho costuma ser mais verde porque você perde tempo regando-a. Experimente regar a sua”. É que perdemos muito tempo, olhando para a vida alheia e não cuidamos da nossa própria. 

    Bem é o seguinte: onde tem água parada, vai ter o danado do gênero Aedes aegypti, esse mosquitinho ou a larva dele, que fica no seco, mais de 365 dias, esperando água, para sair por aí, dando umas picadinhas, causando um mal danado para a saúde de cada um de nós. Esse mosquito é o vetor (transmissor das doenças do título dessa matéria). Não cansam de falar: use camisinha. A molecada não está usando e estão dizendo autoridades da saúde, que a Aids retoma. Seja qual for sua opção sexual: use camisinha ou vai se ferrar. Se não pegar uma doença, pode pegar barriga, às vezes, indesejada. Em 8 anos o Brasil aumentou em 21% os índices da Aids, transmitida pelo vírus HIV, é uma doença sexualmente transmissível. Não tem cura. O tratamento não é legal. Como dito: temos muita culpa.

 

   A dengue é, sem dúvida, a doença mais grave quando comparada à chikungunya e à zika. Ela causa febre, dores no corpo, dores de cabeça e nos olhos, falta de ar, manchas na pele e indisposição. Em casos mais graves, a dengue pode provocar hemorragias, que, por sua vez, podem ocasionar óbito.

   A chikungunya também causa febre e dores no corpo, mas as dores concentram-se principalmente nas articulações. Na dengue, as dores são predominantemente musculares. Alguns sintomas da chikungunya duram em torno de duas semanas; todavia, as dores articulares podem permanecer por vários meses. Casos de morte são muito raros, mas a doença, em virtude da persistência da dor, afeta bastante a qualidade de vida do paciente.

   Por fim, temos a febre zika, que é a doença que causa os sintomas mais leves. Pacientes com essa enfermidade apresentam febre mais baixa que a da dengue e chikungunya, olhos avermelhados e coceira característica. Em virtude desses sintomas, muitas vezes a doença é confundida com alergia. Normalmente a zika não causa morte, e os sintomas não duram mais que sete dias. Vale frisar, no entanto, “que a febre zika relaciona-se com uma síndrome neurológica que causa paralisia, a Síndrome de Guillain-Barré, e também com casos de microcefalia”. E isso – também é grave.

   A Rubéola é uma infeção causada pelo vírus da rubéola. A doença é geralmente ligeira e metade das pessoas infetadas não se chega a perceber que está infetada. Cerca de duas semanas após a exposição ao vírus pode aparecer uma mancha de erupções cutâneas com a duração de três dias.

   Catapora é uma doença infecciosa altamente contagiosa, causada por um vírus. Antes da vacina, era uma das enfermidades mais comuns da infância. Catapora (ou varicela) é uma doença infecciosa causada pelo vírus Varicela-Zóster.

   A Febre amarela é uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido picada dos mosquitos infectados e não há transmissão direta de pessoa a pessoa. Seus sintomas iniciais são febres com calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores musculares, vômitos e fraqueza. 

    Os escorpiões, pelo dia se esconde, mas quando chega à noite, sai para caçar. Eles adoram entulho de obras, casas de alvenaria sem reboco e terrenos baldios. O lixo orgânico deve ser colocado em sacos plásticos e não deixar dentro de casa porque atrai baratas e os escorpiões. A barata é o prato predileto do bicho, que entra no seu sapato, pode atacar as crianças ou os animais. Os Gambás, que também têm hábitos noturnos, e que vivem normalmente em árvores e comem de tudo, e é um dos predadores dos escorpiões, aranhas e lagartixas. Deixem os Gambás viverem em paz, mesmo com o odor.  

   Quem poderia escrever e explicar tudo isso, bem melhor, seriam as autoridades da saúde. O Doutor Eduardo Nascimento, por exemplo, que atende a tantas pessoas, sabe os efeitos, as causas e as prevenções de tudo isso. E olha que o homem já foi vice-prefeito e tenho um grande prazer em ser seu amigo.

comentários Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2020 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546