Ibitinga, Quinta, 19 de Julho de 2018
Tribunal ainda não julgou contas do ex-prefeito Marco Fonseca
Contas de 2012, do ex-prefeito Marco Fonseca, ainda não foram totalmente apuradas pela Justiça, e seguem sem um parecer final, deixando a Câmara sem poder afirmar se existiu dívidas, ou n

  As contas do Executivo dos anos 2009, 2010 e 2011, da gestão Marco Fonseca, já foram aprovadas. As contas de 2012, ainda seguem sendo apreciadas no Poder Judiciário. Em outubro de 2014, uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) formada por 5 vereadores da Câmara, aprovou por 4 votos a 1, que as contas da ex-administração fossem estudadas por técnicos de uma empresa especializada, para que fossem enviadas para o Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado.

   Ainda, a questão debatida no início desta administração (se existe ou não dívida deixada pela ex- administração), está sendo debatida em recurso na justiça. Em 2014, em entrevista, o prefeito Marco Fonseca afirmou que o resultado de R$ 9 milhões em dívidas e os R$ 2 milhões em caixa (diferença de R$ 7 milhões), são diferenças de empenhos de recursos de obras dos governos estaduais e federais, e não dívidas em si, porque deste empenho, os recursos seriam enviados para a prefeitura. Na época, o líder da oposição rebateu. “O que houve foi uma manipulação de contas, apontando que a prefeitura não tinha déficit”, afirmou Marcel Pinto da Costa, presidente da Câmara de Vereadores na época da instauração da investigação.

  Atualmente, devido um recurso previsto em lei, as contas da prefeitura do último ano da administração Marco Fonseca, ainda não foram julgadas por definitivo, para que possam ser classificadas como 'reprovadas' ou 'aprovadas', como o que aconteceu agora, com as contas do governo Florisvaldo Fiorentino (PSDB).

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546