Ibitinga, Terça, 18 de Setembro de 2018
Tecnologia, preservação ambiental e aumento de produtividade foram destaques da Agrishow 2016
O Sindicato Rural levou produtores de Ibitinga e Tabatinga para conferir as novidades apresentadas pela maior feira de tecnologia agrícola da América Latina

  Aconteceu na última semana, entre 25 e 29 de abril, em Ribeirão Preto-SP, a 23ª edição da tradicional Feira Internacional de Tecnologia Agrícola – Agrishow 2016. Considerada uma das principais feiras do mundo, a maior da América Latina, a feira contou com a presença do governador Geraldo Alckmin, que participou da abertura oficial. “Uma alegria participar da 23ª Agrishow. O setor está salvando a lavoura e segurando o emprego nessa crise que o país passa. O agronegócio está batendo recorde de exportação, recorde de produção e o setor sucroalcooleiro se recuperando", afirmou Alckmin.

  O Sindicato Rural de Ibitinga e extensão de base em Tabatinga, em parceria com o Senar-SP, levou mais uma vez associados de ambas as cidades para visitar a feira, com o objetivo de aproximar os produtores da tecnologia e de todos os benefícios que novas técnicas e equipamentos podem oferecer para melhoria da produtividade agrícola. “Este é um compromisso que temos assumido com nossos associados ao qual fazemos questão de nos dedicar, por isso, buscamos todos os anos realizar as 'missões' para visitação a importantes eventos como a Agrishow. Estamos em constante busca por compartilhar informações do setor rural e por 'encurtar distância' entre o conhecimento e nossos associados”, afirma o presidente da entidade, Frauzo Sanches. 

Informações da feira

  O Governo do Estado marcou presença durante todo o evento, transferindo o gabinete do secretário, Arnaldo Jardim, para o estande da Secretaria da Agricultura e Abastecimento (SAA) montado na feira, onde uma série de inovações, ideias e soluções foram apresentadas ao produtor rural para serem aproveitadas em sua propriedade.

  O presidente do Sindicato Rural, Frauzo Sanches, esteve em reunião com o Secretário Arnaldo Jardim na Agrishow e agradeceu o empenho e apoio da SAA para a liberação de recursos aos produtores de Tabatinga e Ibitinga prejudicados por fortes tempestades. Foi liberado R$ 2 milhões, com possibilidade de ampliação até R$ 4 milhões, caso necessário. O presidente também solicitou apoio para que sejam feitas alterações na legislação do Cancro no estado, pois muitos produtores estão desesperados devido à interdição de suas propriedades porque no Estado de São Paulo, diferente do Paraná, por exemplo, permanece a exigência legal de erradicação quando o Cancro é encontrado. Frauzo pediu empenho da SAA no sentido de promover as alterações na legislação solicitadas por todas as entidades do setor. O secretário informou estar sensibilizado e empenhado para efetivação das alterações e explicou que depende do Ministério da Agricultura e, dado o momento político vivenciado no país, tudo está travado em Brasília.

  Entre os destaques da Agrishow, a SAA fez o lançamento da campanha de combate à febre aftosa. São Paulo completará 20 anos sem registrar um único foco da doença e, desde 2000, tem o reconhecimento da Organização Mundial de Saúde Animal como estado "livre da febre aftosa com vacinação". Também entregou sete tratores e três equipamentos adquiridos por meio dos programas Pró-Trator e Pró-Implemento, do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (Feap), além da entrega de caminhão adquirido via projeto “Microbacias II - acesso ao mercado”, para a Associação dos Produtores da Agricultura Familiar.

Ampliação de crédito

  As principais instituições financeiras brasileiras - Banco do Brasil, BNDES, Bradesco, Caixa Econômico Federal e Santander -, estiveram presentes na Agrishow para a consulta e a concretização de operações de empréstimos para aquisição de máquinas e equipamentos. O Banco do Brasil disponibilizou R$ 536 milhões para financiar e fomentar o agronegócio, sem contar as linhas oferecidas em parceria com o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Uma novidade foi a disponibilização ao público do aplicativo 'BB Agrishow', para que os produtores rurais pudessem simular o seu financiamento e enviar sua proposta ao banco, oferecendo conveniência e agilidade ao processo de crédito.

    O BNDES, um dos principais financiadores dos investimentos da agropecuária brasileira disponibilizou linhas especiais de crédito para agricultores e pecuaristas de todos os portes, desde o pequeno produtor familiar, passando pelas cooperativas, até os grandes empreendedores do agronegócio. O Bradesco também ofereceu soluções de negócios para o empresário do campo, desde a cobertura de despesas de produção e apoio à comercialização até opções de crédito para a compra de máquinas e equipamentos ou investimentos para expandir, modernizar, ampliar ou realocar empreendimentos na área de agronegócios.

  A Caixa disponibilizou linhas de crédito rural destinadas ao custeio, investimento e comercialização - agrícola e pecuária. E o Santander lançou durante a Agrishow dez medidas para ser o banco mais próximo do produtor rural brasileiro. O setor foi escolhido como prioridade para a instituição e para avançar nesse mercado, em 2015, o banco reduziu em 40% o tempo para liberar financiamentos ao segmento.

O PRESIDENTE DO SINDICATO RURAL, Frauzo Ruiz Sanches, participou de reunião com Secretário Estadual de Agricultura, Arnaldo Jardim

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546