Ibitinga, Quarta, 15 de Agosto de 2018
Acidente interrompe vida de casal jovem entre Bauru e Arealva
Júlia Furquim e Leandro Justino seguiam em um Gol, que foi atingido frotalmente por um caminhão que trafegava na pista contrária

Um acidente entre um carro e um caminhão, na rodovia Cezário José de Castilho ( SP-321), a Bauru-Iacanga, na altura do município de Arealva (41 quilômetros de Bauru) matou um casal de jovens moradores de Bauru, na madrugada deste sábado (22). A estudante de odontologia Júlia Augusto Furquim, de 20 anos, seguia como passageira no VW/Gol prata conduzido por seu namorado, o auxiliar administrativo e editor de imagens de um instituto de odontologia, Leandro Justino, de 25 anos. O carro foi atingido de frente por uma Scânia, com placas de Itápolis, por volta das 5h10.

As vítimas ficaram presas às ferragens e acabaram morrendo no local do acidente, antes mesmo da chegada do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Horas antes, outra vítima das estradas na rodovia João Mellão (SP- 255), em São Manuel ( 69 quilômetros de Bauru), um caminhoneiro de 36 anos morreu após o caminhão Volvo, que ele conduzia, carregado com chapas de madeira, cair de uma ribanceira (leia mais abaixo).

O ACIDENTE

A colisão que tirou a vida do casal de jovens ocorreu no quilômetro 371 da rodovia, a aproximadamente 500 metros do trevo de entrada do distrito de Jacuba, em um trecho de pista simples, porém com faixa adicional no sentido em que o caminhão trafegava.

O caminhão estava com a carreta vazia e seguia de Itápolis para Santa Cruz. Aos policiais, o condutor de 47 anos, informou que trafegava sentido Iacanga-Bauru quando resolveu abrir a janela do veículo. "Ele disse que o vento fez com que uma cortininha tapasse a vista dele. E, ao tentar se desvencilhar dela, acabou puxado a direção do caminhão e invadindo a pista contrária", detalha o cabo da Polícia Rodoviária Cléber Bruno Viccarivento, que participou do atendimento da ocorrência.

Com o impacto, o carro em que o casal estava foi arrastado pela pista e alguns metros no acostamento. O caminhão praticamente passou por cima do veículo. O caminhoneiro, que não ficou ferido, foi submetido ao exame do etilômetro, mas não foi constatado grau de alcoolemia.

A rodovia não precisou ser interditada. A Polícia Científica realizou perícia técnica no local do acidente na manhã de ontem. Os veículos foram recolhidos por guinchos do Departamento de Estradas e Rodagens (DER).

O caso foi registrado na delegacia de Arealva como homicídio culposo e será investigado.

Polícia Rodoviária/Divulgação
Acidente aconteceu na rodovia Cezário José de Castilho ( SP-321), a Bauru-Iacanga, na altura do município de Arealva

'PARA CASA'

Júlia e Leandro, segundo familiares, seguiam para a casa da família dela, no Distrito de Jacuba, depois de participarem de uma festa. Lá, o casal, que estava junto há mais de três anos, passaria o final de semana. Depois, voltariam para Bauru, onde ela estudava e morava com o irmão. Leandro trabalhava como assistente administrativo e editor de imagens de uma equipe de dentistas de um instituto também em Bauru.

"Ela estava fazendo iniciação científica em periodontia na USC (Universidade do Sagrado Coração), adorava estudar, era uma das primeiras alunas da sala, vivia emprestando seus cadernos", lembra a prima Mariana Furquim, de 20 anos. "Ele era uma pessoa muito legal, trabalhadora e tranquila. E muito apaixonado por ela, vivia presenteando", acrescenta. "A dor é infinita e a saudade será eterna", completa a garota.

A noticia sobre a tragédia envolvendo o casal, publicada no sábado (22) pelo JCNET, gerou mais de 4 mil compartilhamentos via Facebook. Houve muita comoção e tristeza em Jacuba, Arealva e Bauru, onde o casal era muito conhecido e querido pelos amigos.

O velório do casal foi realizado junto em Jacuba, no cruzamento das ruas Abrahão Carolino Carneiro e José Gonçalves de Mendonça. O enterro ocorreu na manhã deste domingo, no Cemitério de Jacuba.

Texto:JcNet

Foto:Folha de Ibitinga

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546