Ibitinga, Terça, 20 de Novembro de 2018
Investimento em Turismo Rural segue como tendência em 2017
Mantendo o programa na grade de cursos oferecidos pela parceria com o Senar-SP, entidade espera estimular o desenvolvimento da atividade na região

O interesse crescente pelo Turismo Rural e pelas atividades recreativas neste meio já se manifestava na Europa desde o século XIX e, no Brasil, o segmento vem se desenvolvendo mais profissionalmente, já há alguns anos, principalmente estimulado e apoiado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR).

   Em parceria com o Sindicato Rural de Ibitinga e Tabatinga, o Senar-SP desenvolve o programa Turismo Rural, possibilitando aos interessados aprofundamento teórico e prático e, consequentemente, o desenvolvimento da atividade, de grande importância não apenas do ponto de vista econômico mas, também, da valorização e cuidado com a identidade cultural dos municípios.

  Agricultura, pecuária, indústria, comércio e serviços são ramos consolidados na grande maioria das cidades brasileiras, já o Turismo, dentro do cenário de produção e consumo, ainda corresponde a um setor em desenvolvimento e, dentro dele, o Turismo Rural e suas atividades, ainda mais recente e carente de investimentos.

 

Fazenda Voltinha

  Em Ibitinga, a Fazenda Voltinha corresponde a um bom exemplo de como colocar em prática um projeto de Turismo Rural. Adquirida por volta de 1913, inicialmente a propriedade era voltada para a criação de porcos, cavalos e para o cultivo de milho. Em 1927 foi inaugurada a casa da sede, construída sobre alicerce de pedras e tijolos fabricados nas próprias olarias da fazenda.

  A propriedade possui mais de 100 anos e está na quarta geração de administradores da mesma família. Preserva instalações da época do café e mantém um museu que narra parte da sua história por meio de objetos antigos cuidadosamente guardados. Possui atrativos naturais de muita beleza e abriga um imenso santuário ecológico.

  Recebendo visitantes, desde crianças até idosos, sobre agendamento, o programa de Turismo Rural implantado na propriedade tem como objetivo incentivar a preservação do meio ambiente, oferecendo trilhas para passeios ecológicos em contato com a beleza que a natureza do local proporciona.

  Para o proprietário, Eduardo Rossi, o Turismo Rural foi um alternativa encontrada pela família para também proporcionar o resgate de costumes e tradições. “Cada dia corresponde a um novo aprendizado neste ramo, onde compartilhamos com diferentes públicos histórias e culturas diferentes. Esse trabalho ainda possibilita transmitirmos valores de conservação, de cuidado com o meio ambiente”, destacou o empreendedor.

  O papel — econômico, social, cultural e ambiental —, do Turismo Rural tem sido constantemente abordado e estimulado pelo Sindicato Rural como uma importante alternativa e, de acordo com o presidente da entidade, Luiz Flávio Pinheiro, em 2017 o programa segue integrando, “com enorme relevância e destaque”, a grade de cursos gratuitos oferecidos pela entidade, ensinando a organizar o espaço geográfico e a oferecer condições para o andamento da atividade.

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546