Ibitinga, Quinta, 22 de Novembro de 2018
Alckmin inaugura o curso USP de Medicina e anuncia criação do HC
Na presença de centenas de lideranças, governador também falou sobre a implantação do Hospital das Clínicas, que oferecerá 200 leitos em Bauru

Na presença de centenas de lideranças de Bauru e região, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) inaugurou oficialmente, nessa terça-feira (1), o curso de Medicina da USP em Bauru. Na ocasião, também anunciou a implantação do Hospital das Clínicas, que ocupará o "prédio azul" localizado dentro do câmpus, com previsão de funcionamento pleno até o ano de 2022.

Além de Alckmin, protagonizaram a solenidade, realizada no Teatro Universitário da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB/USP), o secretário de Estado da Saúde, David Uip; o deputado estadual Pedro Tobias (PSDB); o prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD); o reitor da USP, Marco Antônio Zago; e a diretora da FOB/USP e superintendente do Centrinho (HRAC/USP), Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado.

Durante a cerimônia, o governador assinou documento para autorizar a Secretaria de Estado da Saúde a adotar providências para o recebimento do prédio que abrigará o novo Hospital das Clínicas. Segundo a assessoria de imprensa do Palácio dos Bandeirantes, a unidade servirá de hospital-escola para o curso de Medicina e será referência em atendimentos de média e alta complexidades, com ênfase em cardiologia, bucomaxilo e saúde auditiva.

Em seu discurso, Alckmin destacou a importância de Bauru dentro do Estado, o que contribuiu para que a implantação da Medicina pela USP se tornasse realidade. "Como diz o Renato Zaiden (diretor do Grupo Cidade), ela fica no coração de São Paulo. É uma cidade progressista e a instalação deste curso é um reconhecimento a todos os bauruenses que construíram esta grande cidade, à FOB, que está entre as dez melhores faculdades do mundo, e ao Centrinho, cuja qualidade de atendimento é referência internacional", observa.

Ele ressaltou, ainda, que 18 das 60 vagas disponibilizadas em 2018 serão destinadas a alunos oriundos de escolas públicas, por meio de seleção via Sisu, o que garantirá maior representatividade de estudantes frequentando o curso. O governador também lembrou do esforço empenhado por várias lideranças para a conquista sonhada pelo município há 60 anos, que só foi possível por meio da "construção de uma grande engenharia", necessária diante do cenário econômico atual.

SONHO ANTIGO

Um dos principais atores destas tratativas, o deputado estadual Pedro Tobias lembrou de um encontro entre ele, a diretora da FOB/USP Maria Aparecida e o diretor do Grupo Cidade Renato Zaiden, ocasião em que uma reunião com David Uip foi agendada em São Paulo.

"Depois, levamos o prefeito Gazzetta e, na sequência, o reitor Marco Antônio Zago. E tudo deu certo: agora, com a implantação de um curso de Medicina com a chancela da uma instituição sólida como a USP, ganha o Estado, ganha o município, ganha a região", observa.

O secretário de Estado da Saúde, David Uip, apontou que a implantação de um dos melhores cursos de Medicina do mundo contribuirá para a aprimorar a ciência, a pesquisa, o ensino e a extensão no município. Afirmou, ainda, que, por meio da contrapartida da prefeitura de Bauru, que assumirá o Hospital de Base a partir de janeiro de 2018, o Estado terá condições de investir na ampliação do atendimento via SUS, quando o HC entrar em funcionamento. "Será a primeira vez em que a prefeitura irá regular leitos de internação. E, muito rapidamente, vamos colocar em uso o HC, que contará com 200 leitos e também funcionará como um hospital de ensino", reforça. 

 

Fonte: JCnet

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546