Ibitinga, Terça, 17 de Julho de 2018
Cinomose: como evitar a doença no inverno?
Saiba como evitar e proteger seu cachorro

  O mais importante na proteção do seu animalzinho contra a doença é a vacinação em dia, garante os especialistas. Com a vacinação em dia, o seu cachorro está livre se ser contaminado pela doença que é transmitida por ar, ou em contato entre os animais.

   A doença é incurável, mas tem tratamento. A doença tem um ciclo inicial muito rápido, com alguns sintomas, mas só com o tratamento muito rápido pode controlar, mas ainda assim, nos mais de 90 % dos casos os animais ficam com sequelas

 “Se o cachorro estiver com secreção nos olhos e nas narinas e ainda estiver com o focinho ressecado, ele pode estar infectado”, afirma o médico veterinário Diogo Francischini. O médico ainda ressalta que os animais vítimas de cinomose devem receber um reforço de vitaminas e antibiótico. “Os animais contaminados ficam com vários sintomas, e o pior risco são as contaminações e infecções secundárias, que traz outras doenças, que podem acontecer por causa da baixa imunidade”, explicou o veterinário.

  Como a contaminação é feita pelo ar, se o animal não tiver tomado as três vacinas iniciais quando bebê, ou se estiver com a vacina anual atrasada, ele é um possível alvo de ser contaminado.

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546