Ibitinga, Quarta, 19 de Setembro de 2018
Eclusas passam por manutenção
Seis eclusas da concessionária AES Tietê têm navegação suspensa e o procedimento tem previsão para ser concluído em prazo de trinta dias

Desde o dia 8 de janeiro, o Departamento Hidroviário (DH) suspendeu o tráfego nas eclusas de Barra Bonita, Bariri, Promissão, Ibitinga e as duas em Nova Avanhandava, para a realização da manutenção preventiva programada. O procedimento é executado pela AES Tietê e tem previsão para ser concluído em 30 dias.

A cada dois anos, as seis eclusas administradas pela AES Tietê passam por manutenção preventiva, o que garante a confiabilidade e o bom funcionamento dos equipamentos. Durante todo este período, em decorrência das atividades realizadas, a passagem das embarcações é suspensa.

Todo o trabalho é acompanhado e supervisionado pela Marinha do Brasil e pelo Departamento Hidroviário, órgão administrador da Hidrovia Tietê-Paraná, ligado à Secretaria Estadual de Logística e Transportes do Estado de São Paulo. Ambos são responsáveis pela administração do fluxo do tráfego de embarcações no rio e pela comunicação aos usuários das operações de manutenção.

A AES Tietê é uma plataforma integrada de energia adaptável às demandas dos seus clientes. Sua atuação vai desde a comercialização da energia gerada por suas usinas até o desenvolvimento de soluções customizadas em energia renovável.

Como parte de sua estratégia de expansão e diversificação da matriz, de, até 2020, compor 50% de seu EBITDA com fontes não hidráulicas com contratos de compra e venda de longo prazo, a empresa anunciou quatro investimentos em 2017: Complexo Eólico Alto Sertão II (386MW), Complexo Solar Boa Hora (91 MWp), Complexo Solar Guaimbê (18MW) e Sola Água Vermelha (94 MWp),

A AES Tietê está entre as maiores companhias de geração do Brasil, atuando no país há quase 20 anos. Seu parque hidráulico é composto por 9 usinas e 3 pequenas centrais hidrelétricas, localizadas no Estado de São Paulo. Todas elas somam 2.658MW de capacidade instalada e 1.278 de garantia física, com concessão válida até 2029. O Centro de Operação da Geração e Eclusas (COGE) da companhia, localizado em Bauru (SP), é o mais tecnológico do país. Nele, é realizado o gerenciamento centralizado das usinas hidrelétricas e eclusas administradas pela empresa.

JcNet

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546