Ibitinga, Quarta, 21 de Novembro de 2018
Comitê da Bacia Tietê-Jacaré libera R$ 16 milhões para a região
Dezoito cidades, inclusive Ibitinga, e duas instituições do estado foram contempladas
Comitê da Bacia Tietê-Jacaré libera R$ 16 milhões para a região
Pantanal Paulista, como é conhecido o Pantaninho em Ibitinga (Foto: Rafael Pazin)

Durante reunião do Comitê da Bacia Hidrográfica Tietê-Jacaré (CBH-TJ) realizada na quarta-feira (20), em Pederneiras, o presidente do órgão e prefeito da cidade, Vicente Minguili (MDB), anunciou a liberação de aproximadamente R$ 16,2 milhões para projetos em 18 cidades da região e duas instituições do Estado de São Paulo.

Os beneficiados foram os municípios de Pederneiras, Bauru, Dois Córregos, Barra Bonita, Brotas, Lençóis Paulista, São Carlos, Araraquara, Ibitinga, Bariri, Iacanga, Macatuba, Borebi, Gavião Peixoto, Jaú, Igaraçu do Tietê, Nova Europa e Boraceia, além da Unesp e do DAEE.

O valor que será liberado pelo Comitê Tietê-Jacaré é referente ao quadro de distribuição de recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), no total de aproximadamente R$ 1,7 milhão, e da Cobrança pelo Uso da Água, no total de cerca de R$ 14,5 milhões.

Segundo o presidente do CBH-TJ, o dinheiro pode ser utilizado "em programas que visam dar melhores condições de vida e saúde para a população, considerando a necessidade de preservar, recuperar e melhorar os recursos hídricos da Bacia Hidrográfica do Tietê Jacaré".

Entre eles, estão programas de restauração florestal e matas ciliares, implantação e melhorias de redes de coleta e de estações de tratamento de esgotamento sanitário, gerenciamento de resíduos sólidos, drenagem de águas públicas e prevenção e controle de processos erosivos.

FATIA

A distribuição dos recursos ocorreu segundo os projetos apresentados. Para Pederneiras, por exemplo, a fatia disponibilizada foi de R$ 1,1 milhão para dois projetos: um para construção de bacia de contenção no Córrego Monjolo, para controle de inundação na área urbana, e outro para a recuperação de talude e dissipador hidráulico.

Segundo o CBH-TJ, o próximo passo é a avaliação dos projetos por agente técnico. Dentro do cronograma do Comitê, em março de 2019, está prevista assinatura do contrato entre contemplados com os recursos e a Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado.

JcNet

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546