Ibitinga, Segunda, 24 de Setembro de 2018
Ibitinga registra o 1º caso de Leishmaniose
Contágio aconteceu na região central. Equipes de Controle de Edemias trabalha na região para evitar o avanço da doença
Ibitinga registra o 1º caso de Leishmaniose

Um caso de Leishmaniose Viceral foi registrado na semana passada em Ibitinga, em contágio que aconteceu na região central da cidade. Segundo a prefeitura, todo o perímetro do local onde houve a notificação, está sendo realizado uma ação de prevenção por equipes de Controle de Edemias.

  A Leishmaniose é transmitida através de picada de mosquito-palha, e provoca uma enfermidade infecciosa (não contagiosa) que afeta cães e seres humanos, e pode levar ao óbito.

   Este ano, em todo o estado, foram registrados 60 casos de Leishmaniose Viceral que resultaram em 3 óbitos. Já nos casos de Leishmaniose Tegumentar Americana, outro tipo da doença, foram registrados 38 casos, e nenhum óbito, segundo dados do Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo.

Cuidados

  Manter o quintal limpo, longe de folhas, madeiras e sujeiras, ajuda a combater na proliferação do mosquito-palha.

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546