Ibitinga, Sexta, 14 de Dezembro de 2018
Investigação de furto gado não revelou casos de Ibitinga
A investigação deflagrou 13 mandados de prisão em Tabatinga; 5 são de Ibitinga
Investigação de furto gado não revelou casos de Ibitinga
Delegado de Tabatinga, que coordenou as investigações que resultaram na prisão de 5 pessoas de Ibitinga

  A mesma investigação da Polícia Civil em Tabatinga que culminou na prisão de 5 pessoas em Ibitinga, não apontaram que a quadrilha desmantelada na investigação, esteja envolvidas com os inúmeros casos de furto de gado que se agravaram na área rural de Ibitinga, nos anos de 2015, 2016 e 2017.

Investigações

   Segundo delegado de Tabatinga, Dr. Edson Martins Gonçalves, as investigações que levaram a prisão dos acusados na semana passada, começaram em maio deste ano, e não revelaram se os mesmos acusados cometeram crimes de furto de gado em época anteriores no município de Ibitinga.

  “O que aconteceu em 2016 e 2017, nós não temos em mãos. Pode ser essa quadrilha? Pode”, explicou o delegado, explicando que as investigações revelaram só envolvimento em crimes deste ano, não permitindo certeza de crimes desta natureza em Ibitinga antes de maio de 2018.

 

Relembre o caso

   Uma operação da Polícia Civil, com apoio da Guarda Municipal, deflagrada no último dia 10, prendeu uma quadrilha que furtava gado na região de Tabatinga e também em outros estados. 

   Treze mandados de prisão temporária foram cumpridos. Foram presas 5 pessoas de Ibitinga, 3 de Itapira, e 2 de Minas Gerais. Segundo o delegado Dr. Edson Martins Gonçalves, outras 2 pessoas estão foragidas.  O nome dos envolvidos não foram divulgados.

 “Nós tivemos denúncia, fomos investigando, e pedimos para o Poder Judiciário, a interceptação telefônica e chegamos a essa quadrilha”, explicou o Delegado.

 

Investigações

   As investigações, que começaram em maio, revelaram que um grupo era responsável por levantar as informações sobre as propriedades, e outro se encarregava de durante a noite praticar o furto. Depois os animais eram vendidos. 

   Ainda de acordo com a polícia, cerca de 400 cabeças de gado foram furtadas pela quadrilha.

   A operação continua e após as prisões, as informações poderão passadas para outras delegacias, já que a polícia acredita que a quadrilha agia em várias regiões.

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546