Ibitinga, Terça, 16 de Outubro de 2018
FAIBI sediou reunião sobre Área de Proteção Ambiental
Conselho Gestor discutiu sobre o regimento interno. Classificação das Áreas de Proteção Ambiental ainda serão debatidas
FAIBI sediou reunião sobre Área de Proteção Ambiental
Foto: Folha de Ibitinga

  Na última quarta-feira (25), com início as 9:00 horas, a Fundação Florestal realizou uma reunião com os membros do Conselho Consultivo da Área de Proteção Ambiental de Ibitinga, na dependências da FAIBI (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ibitinga). 

    Na pauta, a votação do regimento interno do novo conselho, e a eleição do secretário Executivo do Conselho Gestor, prevista para acontecer na data, foram adiadas pela segunda vez. Uma nova minuta do Regimento Interno foi apresentada; porém, duas propostas foram debatidas e em uma próxima reunião extraordinária, no dia 7 de novembro, ainda em local incerto, será analisado uma terceira proposta de regimento pelos conselheiros. “Decidiram optar por analisar os apontamentos feitos pelo jurídico da Fundação e assessoria técnica”, explicou a gestora da APA de Ibitinga, Pâmela Thais Gabriel Guandalini, que presidiu a reunião.

   Estiveram presentes na reunião, representantes do conselho, da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, da PM Ambiental, de entidades da sociedade civil organizada de Ibitinga e líderes da comunidade.

Quais são as áreas ambientais protegidas?

   A APA Ibitinga está reativando Conselho Consultivo, desde a primeira reunião deste ano, no dia 04 de janeiro de 2018, de acordo com a Resolução SMA nº 88/2017. Com a ajuda de profissionais da Fundação Florestal, Ibitinga irá 'reclassificar' quais áreas são destinadas para a produção agrícola, e quais deverão ser destinadas para a preservação ambiental, e onde poderão ser área urbana ou distrito industrial, respeitando as prerrogativas ambientais. Para isso, haverá também uma capacitação haverá, uma capacitação para os conselheiros poderem ajudar na elaboração de 'Um 'Plano de Manejo', em Ibitinga e a sua APA.

A APA de Ibitinga 

  Considerada o Pantanal Paulista, Ibitinga integra uma APA (Área de Proteção Ambiental) abrange o município de mesmo nome e foi criada pela Lei Estadual nº 5.536, de 20/01/ 1987, com o objetivo de proteger as várzeas formadas pelos rios Jacaré-Pepira e Jacaré-Guaçu, abrangendo uma área de 64.900 ha.

  Nessas áreas alagadas, denominadas como 'Pantaninho' (várzea do rio Jacaré-Pepira) e 'Varjão' (várzea do rio Jacaré-Guaçu), ocorrem importantes remanescentes de vegetação e a fauna a ela associada, como: tamanduá-mirim, veado campeiro, lobo guará, onça parda, além de diversas espécies de aves e peixes, algumas, ameaçadas de extinção.

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546