Ibitinga, Sexta, 23 de Agosto de 2019
Tribunal de Contas pede informações sobre obras paralisadas
Municípios têm até o dia 22 para informar sobre obras paralisadas ou atrasadas. Teatro de Ibitinga já consumiu R$ 1,7 milhão
Tribunal de Contas pede informações sobre obras paralisadas

  O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, com base em sua Lei Orgânica, solicitou a todos os órgãos da Administração Direta e Indireta do Estado e dos Municípios que prestem esclarecimentos acerca das obras paralisadas e/ou atrasadas. O comunicado foi publicado no último dia 11, e o prazo final para a remessa dos dados é hoje, dia 22.

   Os jurisdicionados devem forneceras informações preenchendo, com absoluta fidedignidade, o questionário disponibilizado pela Corte de Contas paulista. Em caso de desatendimento ou de informações inexatas, o Secretário-Diretor Geral do TCESP, Sérgio Ciquera Rossi, alertou que os responsáveis ficam sujeitos às cominações legais (penalidades previstas em lei) aplicáveis ao não cumprimento de determinações do Tribunal de Contas.

Prestação de Contas

  Em Ibitinga, o Teatro Municipal é a obra paralisada com maior 'visibilidade' para munícipes e turistas. Inaugurado em 2008, as obras estão paralisadas desde 2009, por determinação judicial. Um relatório apresentados aos atuais vereadores em outubro de 2017, revelaram que o imóvel já consumiu R$ 1.751.000,00, sendo destes, R$ 1,3 milhão dos cofres da prefeitura.

Creche

  Nas redes sociais, no último dia 14, a prefeita Cristina Arantes informou a população que a obra da creche do Jd. Flamboyand está paralisada devido falência da empresa executora. 

   A obra se encontra com 45% da construção executada, e que nova licitação poderá ser realizada para retomada da obra.

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2019 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546