Ibitinga, Quinta, 21 de Março de 2019
Avicultor investe em Sistema de Integração há 16 anos
O avicultor possui um núcleo de 67 mil frangos e comercializa uma produção média de cinco lotes por anos
 Avicultor investe em Sistema de Integração há 16 anos

 O avicultor e associado do Sindicato Rural de Ibitinga com extensão de base em Tabatinga, Nelson Prevato Filho, sempre atuou no segmento de granja, onde sempre auxiliou seu pai na Fazenda Santa Tereza. Em 2003, começou a investir na 'Integração de frango de corte' para a empresa 'Itabom' localizada em Itapuí-SP.

  Atualmente, o avicultor possui um núcleo de 67 mil frangos e comercializa uma produção média de cinco lotes por anos. “O procedimento da produção dura em torno de 45 dias, com um intervalo de 20 dias”, salientou Nelson. De acordo com o produtor, o mercado de frango de corte oscila muito em relação a preços, contudo, não interfere no seu trabalho por ser integração.

  Nelson explicou que o método da integração funciona da seguinte forma: a empresa 'Itabom' fornece os pintinhos, a ração, a assistência veterinária, e fica responsável pelo abate. O avicultor cuida de toda mão-de-obra. Segundo Nelson, vantagem de trabalhar neste segmento é que mesmo com um espaço pequeno, é possível garantir um bom lucro, porém o serviço depende de dedicação. As desvantagens da avicultura, segundo o produtor, é que o trabalho com aves é uma atividade que exige muito cuidado e atenção, além do que nos últimos tempos o preço da energia elétrica aumentou muito, o que aumenta no investimento.

Dados sobre o mercado

  Segundo os dados divulgados no dia 08/02 (sexta-feira) pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), os preços do frango vivo e da carne subiram em praticamente todas as regiões acompanhadas pelo órgão. Alguns pesquisadores relatam que é comum neste período esse aumento uma vez que as redes atacadistas e varejistas intensificam as compras para atender à maior demanda nessa época.

  De acordo com os dados da AviSite, o valor do frango vivo no interior de São Paulo teve um ajuste de cinco centavos, sendo negociado por R$ 2,80/kg. No Estado de Minas Gerais, o aumento foi de 10 centavos, passando para R$ 2,95/kg.

  Em São Paulo é a primeira alta não só do ano, mas praticamente dos últimos cinco meses.  O ultimo aumento ocorreu no dia 13 de setembro de 2018 e, desde então, o preço pago ao produtor só retrocedeu. Em comparação com o preço em Minas era muito similar. Segundo a AviSite o valor atingido em setembro, o frango vivo sofreu redução de mais de 18%. Mas desde a segunda quinzena de janeiro deste ano, o mercado local propiciou vários reajustes que, somados, em menos de 30 dias elevaram a cotação do produto de R$ 2,60/kg para os R$ 2,95/kg. 

  Em Minas o frango vivo deve estar registrando uma variação positiva de 1,72% em um mês e de 18% em um ano. Já o produto paulista registra índice de evolução anual menor de 12% enquanto a variação em 30 dias permanece negativa em quase 3,5%.

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2019 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546