Ibitinga, Quarta, 01 de Abril de 2020
Funcionários das Fábricas de Bordados começam entrar em férias
Idosos, mulheres grávidas, mães com filhos em creches entre outros grupos, poderão ter férias para evitar COVID-19
Funcionários das Fábricas de Bordados começam entrar em férias
Rua José Custódio, em Ibitinga, deserta, na tarde da sexta-feira 20

  Desde a segunda-feira, 23, a maioria das empresas de Ibitinga com mais de 20 funcionários, começaram a conceder antecipação de férias para funcionários idosos, gestantes, mães com filhos matriculados em creches ou escolas, e funcionários com doenças crônicas. A medida vai de encontro as ações propostas pelo Governo Estadual e Governo Federal, de reduzir a propagação do Corona Vírus (COVID-19).

    Em uma reunião na manhã do dia 18, de empresários e líderes do setor do bordado, com membros do Comitê Municipal de Prevenção ao Corona Vírus, realizada na prefeitura, sugeriu as medidas de férias coletivas, para aumentar o distanciamento entre cidadãos.

 Em comunicado, a direção do SINTRACOBI (Sindicato dos Trabalhadores de Ibitinga e Região), orienta a concessão de férias coletivas aos trabalhadores, por meio de bancos de horas ou antecipação das férias, para o grupo de risco, preservando-se os salários. Outra sugestão, quando possível, é a redução da jornada de trabalho para evitar aglomeração de trabalhadores.

   A direção do SINDICOBI (Sindicato das Indústrias e Comércio de Bordados de Ibitinga) também emitiu Informativo, que segue a mesma orientação de evitar aglomeração de trabalhadores, e ainda, lembra, que insumos para a produção, também pode acontecer, tendo em vista a paralisação de empresas fornecedoras em outros municípios e estados. A demanda de vendas e entregas dos produtos confeccionados aqui, também está sendo afetada, lembram os dirigentes do setor.

 Outras determinações sobre a produção nas fábricas de Ibitinga, poderão ser anunciadas.

Força da lei

   Um decreto estadual, com o intuito de evitar aglomeração de pessoas, já tinha cancelado aulas em creches e escolas de modo gradual desde o dia 16, e de forma absoluta do fim das aulas, a partir do dia 23. Outro decreto municipal, emitido dia 19, determinou o fechamento de lojas do comércio, mantendo apenas farmácias, padarias, conveniências, supermercados, entre outras, até abril.

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2020 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546