Ibitinga, Quarta, 20 de Janeiro de 2021
Litoral cancela o Réveillon e se fecha para o ‘bate e volta’
Prefeituras pedem ajuda do estado para montar barreiras sanitárias e conter aglomerações na orla
Litoral cancela o Réveillon e se fecha para o ‘bate e volta’

   Mesmo com o cancelamento das festas de Réveillon e da queima de fogos nas praias, as cidades do litoral paulista querem ajuda do governo do estado para impor medidas que restrinjam a circulação dos turistas interessados em fazer “bate e volta” no dia da virada.

   Os municípios estão pedindo apoio para montar barreiras sanitárias nos acessos e inibir a entrada dos viajantes pontuais, que chegam de carro e moto só para a passagem do ano. Os prefeitos também querem reforço na segurança e pedem o envio de mais policiais militares para impedir aglomerações na orla, como as que ocorreram neste último fim de semana ensolarado em Santos, litoral sul.

   “A população da Baixada Santista cresce, em média, sete vezes durante a virada do ano. A estrutura que nós temos é incompatível com esse crescimento. Por isso, pedimos para que o estado assuma a responsabilidade pelas barreiras sanitárias e para garantir o bloqueio da faixa de areia” afirmou ontem à Rádio Bandeirantes o prefeito de Santos e presidente do Condesb, conselho que reúne as prefeituras da região, Paulo Alexandre Barbosa.

   A preocupação é maior agora em função do aumento de 54% no número de casos e de 34% no total mortes no estado pela covid-19 só nas últimas quatro semanas. Além disso, há temor pela aproximação do período de festas (faltam só três dias para o Natal e dez para o Ano Novo) e também pela chegada do verão, que começou oficialmente ontem.

   Mesmo com a recomendação para que as pessoas só viajem se for necessário, a previsão é de que 3,5 milhões de veículos devem circular pelas rodovias litorâneas até 4 janeiro – sendo 700 mil a cada fim de semana. As estimativas são da operação Réveillon e Verão 2021 – força-tarefa de fiscalização das estradas que iniciou os trabalhos ontem.

  A Secretaria de Desenvolvimento Regional afirmou ao Metro World News que o governo “apoiará as estâncias turísticas do estado, incluindo os municípios do litoral, em ações conjuntas sobre a importância do distanciamento social, uso obrigatório de máscaras e para evitar aglomerações para mitigar o contágio do coronavírus.”

   O centro de contingência contra a covid-19 no estado fará hoje uma reunião extraordinária para definir novas medidas de restrição. As regras poderão ser anunciadas ainda no começo da tarde.

Fonte: Jornal Metrô

 

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2021 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546