Ibitinga, Sábado, 16 de Janeiro de 2021
Questionamentos sobre incêndio no Pantaninho são enviados para o MP
Secretaria de Agricultura afirmou que a PM Ambiental está investigando as causas do incêndio que destruiu 18 km de vegetação
Questionamentos sobre incêndio no Pantaninho são enviados para o MP
foto: Ilustração da Internet

  No último dia 15, a Câmara de Vereadores aprovou o encaminhamento de uma série de questões sobre o incêndio do Pantaninho, que aconteceu recentemente em Ibitinga, para o Ministério Público (MP). Na última Sessão Legislativa, foi aprovado pelos vereadores, a destinação dos documentos sobre o caso, para o Promotor de Justiça, Dr. Silvio Brandini Barbagalo, que representa o MP nas questões do Meio Ambiente.

  Em resumo, o Fórum Popular da Natureza (Núcleo de Araraquara e região), questionou a prefeitura de Ibitinga, sobre os possíveis responsáveis sobre o incêndio que afetou o Pantaninho, durante vários dias, em outubro deste ano. A área rural rica em fauna e flora é conhecida, em todo o país, como Pantanal Paulista. O Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Gumercindo José Rosatto Bernardi, respondeu que existe uma investigação da Polícia Ambiental em curso. Sobre as notícias que veicularam apontando que o princípio das chamas possa ter originado em um curto circuito de um poste de energia elétrica, mencionadas no documento, Bernardi reiterou que as investigações ainda não foram concluídas. O secretário, entre respostas de muitos questionamentos, afirmou que a área afetada do incêndio foi de 1.800 ha (hectares); o equivalente a 18 quilômetros quadrados.

  Os questionamentos assinados por Patrícia Mondelo, Ulysses L. R. Santos, Talles G. Bezerra e Luiz Orlandini, integrantes do 'Fórum Popular da Natureza', foram respondidas pelo secretário de agricultura, e depois os documentos foram enviados para os vereadores, com alegação de 'descontentamento das respostas', entre outros argumentos.

  “Não dá tempo da gente montar uma comissão de serviços relevantes”, disse o vereador Marco Fonseca, na explicação pessoal sobre a destinação dos documentos para ao Ministério Público. Segundo o vereador, ainda na próxima legislatura, ele acompanhará o desfecho do caso. Não há uma data prevista para a entrega dos documentos para o promotor.

O caso

  Na época dos incêndios, o país atravessava um grande período de estiagem, o que dificultou o combate das chamas e contribuiu para a propagação do fogo; tanto no Pantaninho, quanto em área rurais de todo o estado e de diversos estados brasileiros.

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2021 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546