Ibitinga, Quarta, 17 de Outubro de 2018
Eleições VIII

  Esse é o penúltimo artigo, tratando de eleições, no 1º Turno das Eleições 2018. O último será às vésperas do pleito.

   Os analistas políticos estão mais perdidos, como cachorro que caiu de mudança e bateu com o focinho. Essa expressão é antiga. Hoje os pets, têm tratamento bem melhores e são levados em conforto. Acho que isso explica como os analistas estão confusos. Ficaram confortáveis demais com uma polarização, que esperavam e ela não veio (ao menos parece difícil), que seria Bolsonaro e Alckmin, ao menos até a uma fotografia do Ibope divulgada na segunda (24), onde Bolsonaro (PSL) manteve os 28%; Haddad (PT) chegou aos 22%. Ciro (PST) manteve seus 11%. Alckmin (PSDB), uma leve subidinha – indo para 8% e Marina (Rede), despencando para 5% e deve minguar, ainda mais. Não vou falar dos demais, porque – segundo essa pesquisa – não tem nenhuma chance.

   Começam a falar em voto útil, para que não ocorra uma polarização, no 2º Turno entre Bolsonaro (PSL) e Haddad (PT), porque – segundo essa mesma pesquisa, Haddad seria vencedor no 2º Turno, o que o centro, não deseja. Aliás, pelo visto não deseja nem Bolsonaro e nem Haddad mas, um deles (ou os dois até agora), estará no 2º Turno. Embora muitas coisas acontecem na política.

  A hora está próxima, o importante é votar.

  Mas vamos falar dos Deputados Federais, que iremos eleger. Carros e santinhos aos montes. Os candidatos deveriam limpar as ruas, depois de jogarem seus “santinhos”.

  Temos uma candidata de Ibitinga, nesse páreo, a atual vereadora Alliny Sartori (SD). Alliny já foi candidata no pleito anterior, com votação expressiva aqui. Não conseguiu a vaga almejada. Está na parada, novamente.

  O candidato que teve votos em Ibitinga – e desculpem-me os eleitores dele e é uma piada de mau gosto (na minha visão, diante da seriedade do voto e sem qualquer ato discriminatório) – o Tiririca (PR), com 1.378 votos, talvez nunca viu falar de Ibitinga. Pastor Marcos Feliciano (PSC) – 646. Roberto Alves (PRB) – 239. Alex Manente (PPS) 213. Renata Abreu (PTN) – 191. Rodrigo Garcia (DEM) – 187 (atual candidato a vice-goverandor), foram outros, dentro de uma lista enorme, que tiveram votos e que nunca receberam nossos representantes do Executivo e do Legislativo, para assumirem compromissos em prol do nosso município.

  Doutra banda, o Deputado Federal Baleia Rossi (MDB) – 84 votos, conseguiu para Ibitinga (e conseguiu através de Emendas Impostivas, Intercessão, Emenda – isto é, como podem) o maior volume de recursos, somando ao Programa Mais Médicos (03 profissionais) – totalizou R$ 2.050.000,00, verbas destinadas a: Informatização da Saúde; Reforma Quadra V. Maria/Bancários/Ângelo de Rosa; Reforma do Ginásio de Cambaratiba – minha terra; Complexo Turístico Ponto do Jacaré; Revitalização da Praça do Jardim dos Bordados;   Recapeamento Jardim Rafaela e Vila Izolina; Ambulância SAMU. Outro Deputado Federal – Arnaldo Jardim – 301 votos, consegui R$ 1.950.000,00: Microbacias III – Correguinho; Patrulha Agrícola; Melhor Caminho – Roseira; cessão do prédio Público do Estado, Reforma da Casa da Agricultura, Galpão de Agronegócios e Ponto Roseira; apoio durante o exercício no cargo de Secretário de Agricultura do Estado de São Paulo.

  Luiz Lauro Filho (PSB) – 14 votos. Através de Emendas Impositivas conseguiu R$ 400.000,00, para: Recape e Custeio na área de Saúde. Fausto Pinato (PP) – sem nenhum voto, através de intercessão, emenda impositiva e emenda, conseguiu R$ 310.000,0. Vanderlei Macris – 5.171 votos. Esse Deputado foi o mais votado (junto com Allyni). Pelo levantamento atual (e solicitei o que conseguiu anteriormente e não consegui e estou pronto para eventuais correções), através de Emenda Impositiva conseguiu 02 Ambulâncias, no valor de R$ 250.000,00. Outras Emendas Impositivas de Deputados Federais: Celso Russomano (PRB) – 3.892 votos – R$ 250.000,00 – custeio saúde. Herculano Passos (MDB) – 259 votos – R$ 250.000,00 – veículo para a área de saúde. Sinval Malheiros – 25 votos – R$ 250.000,00 – custeio da Santa Casa. Paulo da Foça (SD) – 130 votos – R$ 200.000,00 – Custeio e Equipamento da área de Saúde. Ricardo Izar (PP) – 190 votos – R$ 120.000,00 (aguardando empenho). Marcelo Squassoni (PRB) – 25 votos – R$ 50.000,00 – custeio saúde.

  Estão aí os que receberam votos e ajudaram o Povo que o elegeu e os que receberam muitos votos e, pouco ou nada fizeram. Os dados acima podem sofrer alteração, desde que o interessado, confirme a emenda, a emenda impositiva ou a intercessão (de forma documentada com o empenho do valor). Não venham com ofícios protocolados, que os conheço bem. O importante é o resultado final e a dedicação do Deputado ao Executivo e ao Legislativo local.

  Segundo pesquisa Ibope encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), 28% dos eleitores dizem que podem mudar de voto para evitar que um candidato que não gostam ganhe a eleição para a Presidência da República, segundo pesquisa divulgada na quarta-feira (26/09).

  Não jogue o seu voto fora. Não o anule. Não o deixe em branco. Vamos ser certeiro nos votos.

  Essa eleição é uma das mais importantes depois da redemocratização do Brasil, pós Constituição de 1988, a qual completará 30 anos de sua promulgação, no dia 05 de outubro, dois dias antes do 1º Turno. Vamos homenagear a chamada Constituição Cidadã, com o pleno exercício do voto.

comentários Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546