Ibitinga, Quarta, 17 de Outubro de 2018
Apaes pedem ajuda do Estado para manter serviço
Sem atualização de repasses, entidades falam em suspender o atendimento a 22,5 mil estudantes paulistas

  Representantes da APAE de Ibitinga (Associação de Pais Amigos dos Excepcionais) participaram de uma manifestação pacífica em São Paulo, em prol de reconhecimento de direitos das APAEs de todo o estado. O movimento aconteceu na quarta-feira 23, na Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP).

  Sem atualização do valor repassado pela Secretaria Estadual da Educação (SEE) desde 2014, as APAEs temem que seja necessário suspender para o próximo ano o atendimento de educação para 22,5 mil alunos com deficiência intelectual severa e autismo. Representantes de 258 APAEs, que têm convênio com o governo estadual, fizeram uma manifestação na Assembleia Legislativa para cobrar um repasse maior.

   A APAE de Ibitinga esteve presente nesse movimento, com seis profissionais: Maria Cristina (Coordenadora Pedagógica, representando a Diretora Maria Luisa R. Salerno), Sérgio Godoy (Prof. Ed. Física), Bernadette Ortelan (Fonoaudióloga), Laís de Almeida (Professora), Magderlei Rodrigues (Professora) e Márcia Barella (Professora).

   Segundo a Federação das Apaes do Estado (Feapaesp), o custo mé-dio mensal do atendimento especializado em educação é de R$ 800 por aluno. O valor de convênio é R$ 291,67. "O recurso sempre foi insuficiente e complementamos com a ajuda dos pais, doações, festas. Mas, em um ano de crise como o que enfrentamos, isso não vai ser possível no próximo ano", disse Cristiany de Castro, presidente da federação, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo.

    As associações afirmam que, se o Estado equiparar o repasse aos parâmetros do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), que é de R$ 455 mensais, já seria suficiente para aliviar as contas e garantir o convênio para 2017. Elas também reivindicaram que o Estado flexibilize os requisitos técnicos para o convênio, que encarecem ainda mais o atendimento. Segundo a Feapaesp, o governo atendeu a esse pedido. Cerca de 5.000 pessoas, segundo a organização do evento, entre Diretores, Profissionais, Pais e Alunos das APAEs, se envolveram participando da manifestação.

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2018 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546