Ibitinga, Quarta, 20 de Janeiro de 2021
IGP-M de novembro de 2020: alta para reajuste do aluguel
Índice teve alta de 3,28% no mês. Com esse resultado, o acumulado dos últimos 12 meses passa a ser de 24,52%
IGP-M de novembro de 2020: alta para reajuste do aluguel

  A Fundação Getúlio Vargas divulgou no último dia 27, o Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) de novembro de 2020, que apresentou uma leve alta: 3,28%, contra 3,23% em outubro. Com esse resultado, o acumulado do ano passa a ser de 21,97%, enquanto o dos últimos 12 meses fica em 24,52%. 

   O IGP-M, calculado mensalmente pela Fundação Getúlio Vargas, é a base usada pra calcular o reajuste anual dos contratos de aluguel. O cálculo considera a variação acumulada nos últimos 12 meses. Dessa forma, dependendo do valor do índice, o seu do aluguel pode aumentar ou diminuir.

Como é calculado o IGP-M?

   O IGP-M é calculado mensalmente e divulgado pela FGV no final de cada mês referência. O índice é o principal indexador de tarifas de serviços. Por exemplo: internet, energia elétrica, TV por assinatura e a correção anual dos contratos de aluguéis residenciais. Além disso, sofre influência considerável, por exemplo, das oscilações do dólar e de outros indicadores. Ou seja, varia de acordo com o momento econômico.

Como o IGP-M é calculado? 

  Ele é composto por outros três índices:

-IPA-M (60%): Índice de Preços ao Produtor Amplo Mercado, que representa os preços no atacado;

-IPC-M (30%): Índice de Preços ao Consumidor Mercado, que corresponde à inflação no varejo;

-INCC-M (10%): Índice Nacional de Custo da Construção Mercado, que afere os custos do setor de construções habitacionais.

 

comentários
Folha de Ibitinga
Conheça um pouco mais sobre nós.

leia mais
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (16) 98135-4546

Todos os direitos reservados © Folha de Ibitinga 2021 - contato@folhadeibitinga.com.br - telefone: (16) 98135-4546